Produtividade: 10 sacadas que você precisa conhecer

Produtividade

O uso do celular no trabalho é indicado como o principal o maior causador de impacto na produtividade.

A produtividade é um foco da maioria das empresas, isso porque quanto melhor ela for, maiores serão os lucros e resultados como um todo. Entretanto, para ter ganho nesse campo não basta apenas colocar os profissionais para realizarem as suas tarefas, é preciso pensar estrategicamente.

A adoção de algumas práticas vinculadas aos processos ou a mudança de hábito dos colaboradores já pode fazer com que haja um ganho na produtividade e até mesmo na qualidade. Porém, a eficiência esperada está também vinculada a um bom planejamento estratégico.

Receba nossas dicas!

Separamos algumas dicas que podem ajudar e devem ser adotadas pelas organizações que estão em busca de melhores resultados.

1 – Mantenha a organização

A organização é fundamental para que os fluxos de processo funcionem bem e não sofram com interrupções. Incentive os profissionais a manterem o ambiente sempre organizado, dessa forma não precisarão interromper uma tarefa para procurarem uma ferramenta, documento ou qualquer outro objeto.

No caso de haver uma linha de produção ela deve ser organizada de forma que o fluxo seja contínuo. A distribuição correta das áreas fará toda a diferença no resultado final.

2 – Utilize ferramentas que ajudem na produtividade

As ferramentas de gerenciamento são fundamentais para garantir a alta produtividade, pois permitem o acompanhamento dos indicadores e garantem que as metas sejam atingidas. E é preciso que a escolha de cada ferramenta esteja adequada com o negócio para que ela possa cumprir a sua função.

3 – Evite as distrações

O uso dos celulares, objetos decorativos não relacionados ao trabalho e outros podem tornar-se uma grande distração. Não é raro os profissionais deixarem as suas tarefas de lado para acessarem as redes sociais e passarem mais tempo nelas do que trabalhando.

Para não precisar proibir esse tipo de atividade ou outras que gerem distrações, estabeleça algumas regras, como horários e locais para uso.

4 – Envolva todos os colaboradores

Colaboradores envolvidos são mais produtivos uma vez que se sentem parte da organização e como peça importante para ela. É preciso incentivá-los, dando espaço para que todos possam contribuir com ideias e sugestões.

Empresas que adotam um gerenciamento mais horizontal costumam ter melhores resultados, pois todos se sentem donos do negócio. Além disso, o turn over diminui, evitando que se perca tempo e produtividade com a formação de novos profissionais.

5 – Conheça quais são as prioridades

O planejamento é fundamental para garantir uma boa produtividade, pois ajudará a ver quais são as prioridades e quais tarefas são mais urgentes. Uma forma de fazer com que todos os colaboradores saibam quais atividades devem realizar primeiro é por meio de quadros de aviso.

Esse recurso facilita a organização do fluxo produtivo e sequência as prioridades e tarefas que já foram realizadas. Isso permitirá que a cadeia de produção seja contínua e que os prazos sejam cumpridos.

6 – Reconheça quem merece

O reconhecimento é um dos maiores incentivos para que os colaboradores se empenhem em manter a sua produtividade elevada, pois sabem que serão vistos. Estimule a produção e em troca faça com que a empresa reconheça os profissionais que se destacam.

A congratulação pode ocorrer de diversas maneiras, o superior pode aplicar feedbacks positivos e de incentivo. A criação de um programa de premiação ou até mesmo uma promoção por merecimento podem trazer resultados positivos. A meritocracia deve ser o principal fator para que ocorra a mudança de cargo.

7- Incentive a aprendizagem

Quanto mais aprimorado estiver o profissional, mais ele poderá produzir e contribuir com a empresa. O conhecimento deve ser estimulado, tanto dentro como fora da empresa.

Invista em treinamentos que permitam a divulgação do conhecimento sobre as atividades realizadas e crie um planejamento para que as principais dificuldades e dúvidas possam ser sanadas.

Externamente incentive que sejam realizados cursos e se possível ofereça bolsas de estudo ou faça parcerias com instituições de ensino que forneçam desconto aos colaboradores.

8 – Estipule pausas de trabalho

Permitir que os profissionais façam pausas apenas no horário do almoço pode não ser suficiente, mesmo que seja isso o estipulado na legislação. Após algumas horas de trabalho o corpo e a mente ficam mais cansados e a produtividade diminui.

O ideal é que sejam realizadas pausas curtas a cada 90 minutos. Durante essa pausa é possível tomar um café, ir ao banheiro ou conversar com os colegas rapidamente. Esse tempo será suficiente para que haja uma recuperação e que ao retornar ao trabalho não haja queda no desempenho.

Leia também 5 problemas causados por falta de indicadores de produtividade

9 – Incentive a qualidade de vida

Muitas empresas veem investindo em qualidade de vida e isso não tem ocorrido ao acaso. Pessoas que adquirem hábitos mais saudáveis como dormir bem a noite, se alimentar corretamente e praticar exercícios, tendem a ficar menos doentes. Consequentemente faltam menos ao trabalho e tem mais disposição para as atividades.

Se a empresa tiver um refeitório busque fazer um cardápio equilibrado e incentive a prática esportiva promovendo campeonatos entre colaboradores. Ofertar um plano de saúde pode ser um complemento para esses cuidados.

Quadros de gestão à vista da Quadrimark

10 – Ajude os profissionais a não se sobrecarregarem

O profissional multitarefa não é aquele que faz várias coisas ao mesmo tempo, mas o que possui habilidades múltiplas. Essa conscientização precisa ser feita uma vez que quem realiza diversas tarefas simultaneamente demora mais para finalizá-las e costuma as deixar incompletas.

Por exemplo, ter de parar um planejamento para atender ao telefone faz com se perca o raciocínio e seja preciso retroceder o trabalho para saber onde parou. A orientação entre ser multitarefa e fazer diversas coisas simultaneamente deve ser bem clara para os profissionais e cabe aos gestores informar.

A produtividade nas empresas pode ser melhorada com algumas atitudes simples, mas que não podem ficar apenas na teoria. Para ter todos os ganhos possíveis, além de implementar as melhorias e orientar sobre elas é preciso fiscalizar para garantir o cumprimento. O acompanhamento dos indicadores é uma boa forma de saber se as estratégias implantadas surtiram efeito.

Deixe os colaboradores cientes dessas dicas. Conheça alguns quadros de aviso que podem ser usados na sua empresa.

Comentários
Whatsapp